Tio Orlando Viagens




Voltar

Guia prático das taxas e gorjetas nos EUA

Em todo planejamento de uma viagem, logo de início já determinamos uma média de quanto iremos gastar com as passagens aéreas, hospedagem, aluguel de carro, passeios, alimentação e compras, de modo que tudo fique dentro do orçamento previsto.

Em uma viagem aos Estados Unidos, há outros dois itens que não podem ser esquecidos do seu planejamento financeiro: as taxas locais (sales tax) e as gorjetas (tips).

Vamos então entender o que são, como funcionam e como elas podem impactar no seu orçamento da viagem?

TAXAS

No Brasil, ao comprarmos um produto ou serviço, os impostos já estão embutidos no valor pago. Nos Estados Unidos é um pouco diferente: a Sales Tax, a taxa sobre bens e serviços, é adicionada ao final da conta, destacada do valor total.

Na maior parte da área turística de Orlando a Sales Tax é de 6,5%, ou seja: aquela bolsa que você viu no outlet por US$ 100,00 na etiqueta, vai custar na verdade US$ 106,50 no caixa.

Nos restaurantes é a mesma coisa: digamos que o total do pedido foi US$ 50,00. Ao pedir a conta, você verá uma linha com mais US$ 3,25, referente aos 6,5% da Sales Tax, totalizando US$ 53,25 (nos restaurantes você também deverá pagar a gorjeta, que falaremos mais pra frente nesse post).

Já compras de comida no supermercado são isentas de taxa, mas há exceções. Por exemplo, todos os produtos classificados como “candy” (doces) são taxados, como barras de chocolate, balas e chicletes. Também incidem taxas sobre itens de beleza e cosméticos, como shampoos, maquiagens e protetor solar.

Itens relacionados à saúde, como remédios, aparelhos e acessórios são isentos de taxas. Para quem tiver curiosidade, pode ver a lista completa do que é tax free e do que não é na Flórida clicando aqui.

A moral da história então é: lembre-se de considerar a Sales Tax no seu orçamento e não vá com o dinheiro contado fazer compras, considerando somente o valor do produto ou serviço, pois as taxas locais serão adicionadas ao total que você deverá pagar.

Outra dúvida bastante comum sobre taxas é se os visitantes têm direito a reembolso. Diferente dos países da União Européia, por exemplo, onde os turistas pode ter o valor das taxas (conhecido por VAT) de volta em alguns produtos, na Flórida os visitantes não têm esse benefício. Os impostos pagos por estrangeiros nas compras não são sujeitos a reembolso.

GORJETAS

Ao visitar um país, é sempre importante respeitar a cultura e os hábitos locais. O pagamento da gorjeta é um exemplo disso nos EUA; a tip faz definitivamente parte da cultura americana e, apesar de não ser obrigatória por lei, é considerado extremamente grosseiro não pagá-la.

Em restaurantes, por exemplo, muitos estabelecimentos já deixam no final da conta as sugestões de percentual e seus respectivos valores ao lado, geralmente de 15%, 18% e 20%, para você escolher quanto quer pagar.

Vale lembrar que caso seu grupo tenha 6 pessoas ou mais, um valor de 18% de tip será adicionado automaticamente à sua conta na maior parte dos restaurantes, por conta do trabalho maior do garçom.

Independente da quantidade de pessoas, confira sempre o que está pagando: em Orlando isso não é muito comum, mas em Miami, principalmente nos restaurantes turísticos da Ocean Drive, muitos dos estabelecimentos já adicionam a gorjeta sem antes lhe perguntar. Fique atento para não pagar nada em dobro ou um percentual maior do que você gostaria.

Quanto e em quais serviços devo dar gorjeta?

Além dos restaurantes, alguns outros prestadores de serviços também esperam pelo pagamento de gorjetas em apreciação ao seu trabalho. Apesar de não ter uma norma formal, veja abaixo nosso guia de quais serviços e quanto deixar de tip em cada um deles:

? Garçom: de 15% a 20%, mas se o serviço foi excepcional, deixe mais. Vale lembrar que você deve aplicar esses percentuais sobre os valores antes da Sales Tax;

? Bartender: em bares, é indicado dar US$ 1 ou US$ 2 por bebida. Caso opte por pagar tudo junto, e não por bebida, siga a mesma regra do restaurante (15% a 20%);

? Baristas: é comum deixar US$ 1 para quem preparou o seu café, como agradecimento;

? Camareira: US$ 2 a US$ 5 por noite de hospedagem. Melhor deixar por noite e não tudo ao final, pois não necessariamente a mesma pessoa limpará o seu quarto todos os dias. Lembre-se também de deixar em um local onde obviamente será entendido como gorjeta, preferencialmente junto a um bilhete de agradecimento, uma vez que você não estará presente na hora da limpeza;

? Carregador de malas: US$ 1 a US$ 2 por mala;

? Entregadores de comida (delivery): 15% a 20%;

? Motorista de táxi ou aplicativo: 10% a 20%;

? Motorista de transfer: US$ 1 a US$ 2 por mala;

? Serviço de quarto: US$ 1 a US$ 2 por pedido trazido ao seu quarto;

? Valet ou motorista de estacionamento do hotel: US$ 1 a US$ 5 por vez que o carro é trazido.

Espero que tenha lhe ajudado a entender melhor sobre as taxas e gorjetas em Orlando e que essas informações auxiliem no planejamento financeiro da sua viagem! Caso tenha alguma dúvida, é só deixar nos comentários ?.

Desenvolvido por

eMutua - Criando negócios digitais
Whatsapp