Blue, um dos dinossauros mais populares da bem-sucedida franquia Jurassic World, da Universal Pictures e Amblin Entertainment, agora faz parte das incríveis experiências “Raptor Encounter” no Universal Studios Hollywood e Universal Orlando Resort, convidando os visitantes para ficar frente a frente com a predadora perigosa.

 

A criatura imponente e realista é a amada velociraptor de Owen dos filmes Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e Jurassic World: Reino Ameaçado. Ela ganhou vida no “Raptor Encounter” graças a um modelo exato gerado por computador e imagens usadas para levar Blue para a tela grande.

 

Blue é a mais nova criatura no “Raptor Encounter”, que permite que os convidados encarem de perto os carnívoros espertos. Os velociraptors são caçadores inteligentes e extraordinários, e os convidados do parque temático são aconselhados a se aproximar deles com cautela.

 

Com um olhar intimidador e gritos ensurdecedores que reforçam sua dominância de predadores, cada velociraptor exibe 56 dentes afiados, que podem esmagar ossos, e avançam com garras que chegam a ter 30 centímetros, que saem das suas patas de mais de 45 centímetros. A uma altura de mais de 3,5 metros e 4,5 metros desde o focinho até a cauda, os carnívoros agressivos vão sucumbir, um por um, aos tratadores habilidosos que vão guiá-los com destreza para que as criaturas fiquem a poucos metros dos visitantes.

 

“Contagem Regressiva para a Extinção do Jurassic Park— The Ride” no Universal Studios Hollywood

 

O Universal Studios Hollywood anunciou recentemente a campanha “Contagem Regressiva para a Extinção do Jurassic Park—The Ride” que faz uma homenagem à atração que fecha no dia 3 de setembro para abrir caminho para a nova atração Jurassic World, uma aventura épica de tecnologia avançada, inspirada na franquia de filmes de sucesso da Universal Pictures e que será inaugurada em 2019.

 

Em 1996, o Universal Studios Hollywood redefiniu as atrações de parques temáticos com a introdução inédita da “Jurassic Park – The Ride”, baseada no filme épico de Steven Spielberg, vencedor de três Oscars. Aclamada como um feito tecnológico triunfante, a atração usava novos princípios da física hidráulica, mecânica, tecnologia da era espacial e robótica. Trabalhando em parceria com cientistas, paleontólogos e engenheiros espaciais, a Universal Creative – a equipe que desenvolve as atrações dos parques temáticos da Universal – deu vida a uma das atrações mais envolventes já criadas. Dinossauros robóticos realistas e em tamanho natural, alguns maiores que prédios de cinco andares, caminhavam livremente pelo Universal Studios Hollywood.

 

Vinte e dois anos depois – e após mandar milhões de visitantes de volta à era Jurássica para encontros ameaçadores com predadores como Estegossauro, Parassaurolofo, Dilofossauro, Velociraptors e o Tiranossauro rex, “Jurassic Park – The Ride” será extinta como parte dos preparativos para uma experiência nova, da próxima geração, que será ainda mais imersiva e de tecnologia ainda mais avançada.

 

Fonte: Agência

 

 

 

 

 

 

 

Comentários