De acordo com uma nova patente registrada na semana passada, a Disney está desenvolvendo uma maneira de personalizar suas atrações com base em níveis de medo.

 

A tecnologia permitiria que a Disney monitorasse a freqüência cardíaca, as expressões faciais, a temperatura da pele, o estresse da voz, o movimento dos olhos e os gestos durante o passeio da atração. “Se as medidas de frequência cardíaca de um sensor indicarem que o convidado está assustado, o sistema de controle encaminhará o carro para um segmento de transporte menos assustador”, afirma o documento. “Em contraste, se as medidas de freqüência cardíaca indicarem que o convidado está entediado, o sistema de controle encaminhará o carro para um segmento de passeio mais assustador”.

 

A patente original da Disney para a tecnologia foi aprovada em outubro, mas uma nova foi registrada na quinta-feira que permitiria à empresa usá-la em qualquer ambiente. De acordo com o Orlando Sentinel, a nova patente da Disney foi revista por Terry Sanks, um advogado de patentes registradas em Orlando. “Eles apresentaram algo agora que é mais amplo”, disse ele. “A Disney não está limitada apenas a parques temáticos. Pode querer usá-lo em outros locais, como navios de cruzeiro”.

 

A Disney provavelmente seria capaz de coletar muitos dos dados sobre a experiência dos convidados via MagicBands, que teria sido inspirado pela Nike SportBand. O produto da Nike se sincroniza eletronicamente com um monitor de freqüência cardíaca e um pedômetro. Para que a Disney colecione esse tipo de dados, os convidados deverão assinar um termo de concordância.

 

Se a patente se tornar uma realidade, será interessante ver se a Disney usa a tecnologia em atrações existentes que colocam os pilotos lado a lado em um carro. Por exemplo, quando você está passeando por Haunted Mansion em Doom Buggy, você e seu companheiro de viagem podem estar tendo reações totalmente diferentes para todos aqueles fantasmas sombrios. O mesmo acontece com muitos passeios mais emocionantes da Disney, como Expedition Everest e Tower of Terror.

 

Claro, a Disney patrocina patentes de forma regular e isso não significa necessariamente que as experiências de viagem baseadas no medo irão chegar aos parques. No entanto, é definitivamente algo no radar da empresa.

 

O que você acha da nova patente da Disney? Gostaria de ver esta tecnologia nos parques?

 

Fonte: Inside the Magic

 

 

Comentários